Tencent cria nova regulamentação para streamers na China

Publicado em 20/02/2019 - 14h37 por Soraia Barbosa

A gigante chinesa Tencent implementou no país uma série de regras voltadas para streamers que jogam online. Segundo a empresa de inteligência de mercado de jogos asiáticos Niko Partners, essas regras foram motivadas pela supervisão intensificada de livestreamers realizada pelo governo chinês no ano passado. A empresa fez uma lista com 12 “valores” que os streamers devem seguir para poder continuar fazendo transmissões no país.

Com a nova regulamentação fica proibido:

  • Violar os valores sociais da China envolvendo tópicos sensíveis como política, etnia e religião
  • Promover ou publicar conteúdos que violam os valores sociais da China, incluindo, mas não limitado a pornografia, apostas e terrorismo
  • Comportamento que prejudica a marca Tencent Games direta ou indiretamente
  • Distribuição de informações falsas para outros usuários por qualquer meio
  • Envolvimento em informações vulgares ou indecentes
  • Distribuição ou promoção de softwares de cheats de jogos ou vírus
  • Promoção de violência excessiva no jogo ou no mundo real
  • Infringir a privacidade de outros usuários ou revelar informações dos mesmos sem permissão
  • Não cumprimento das regras do contratos assinados com terceiros (plataformas de streaming)
  • Infringir o copyright de criadores de jogos ou outros criadores de conteúdo
  • Causar disputas ou impactos sociais adversos
  • Outras ações que não estão em conformidade com as leis atuais, a ética e os regulamentos de jogos

A China tem se esforçado bastante para criar um ambiente mais saudável tanto no meio dos jogos online quando na indústria de livestreaming. Quem não se adequar a essas regras será proibido de fazer transmissão de jogos da Tencent, que é a responsável pela publicação de grandes títulos na China como PUBG e Fortnite.

Tá cansado de morrer em jogos online por causa do ping e lag supremo?