Naoki Yoshida pede à comunidade de Final Fantasy XIV para dar um fim aos ataques contra a equipe de desenvolvimento

Publicado em 13/01/2022 - 07h53 por Yohan Bravo

Em 2021, Final Fantasy XIV viveu alguns dos seus melhores dias. O game quebrou diversos recordes, recebeu uma grande expansão (muito elogiada por todos) e chegou a ter que “congelar as vendas por excesso de popularidade”. Porém, alguns problemas também marcaram essa “alta do jogo”. Nesse sentido, as grandes filas e a falta de servidores foram um destaque, mas certas mudanças feitas pelos devs também não agradaram. Diante desses obstáculos, a comunidade resolveu reclamar de uma forma não muito civilizada, o que levou Naoki Yoshida a fazer um apelo aos players… vamos entender melhor essa história?

Diminua o lag em jogos online de forma simples
  • Experimente gratuitamente o ExitLag, programa criado de jogadores para jogadores com o intuito de diminuir o lag e liberar as zonas congestionadas de sua conexão, oferecendo um gameplay sem os temidos travamentos de lentidões. Clique aqui e experimente!

Foi em uma participação num programa de rádio japonês que Naoki Yoshida falou sobre como a comunidade de Final Fantasy XIV estava adotando um comportamento repudiável, no que diz respeito às reclamações. O japonês afirmou que entende o descontentamento diante dos problemas e que até consegue aguentar certas reclamações “fora do tom”, mas afirmou que a comunidade passa dos limites às vezes, agindo de forma tóxica e ofendendo a equipe de desenvolvimento. Em outras palavras, os fãs não estão conseguindo apaziguar os ânimos e seguem pegando pesado na linguagem e extrapolando os limites daquilo que se entender como uma crítica construtiva.

Ao comentar sobre alguns casos e mencionar os pontos em que a comunidade exagerou, Naoki Yoshida fez um apelo a todos, pedindo para que as reclamações fiquem em um nível civilizado. Além disso, o diretor e produtor de Final Fantasy XIV mencionou que a equipe de desenvolvimento vem trabalhando no game há mais de onze anos e, por isso, merece mais respeito e consideração. Resumindo, essa é mais uma prova de que a toxicidade continua muito viva no mundo dos games e, para evitar impactos maiores em seu time, o japonês resolveu pedir para a comunidade agir de forma respeitosa. Será que as coisas vão melhorar? Temos que ficar de olho!