CrossFire, um dos jogos mais rentáveis de 2019, será encerrado na Coreia do Sul

Publicado em 01/02/2020 - 13h07 por Márlon Vieira

A Smilegate anunciou que encerrará os servidores de CrossFire para sempre em seu mercado doméstico, Coreia do Sul — embora o título tenha gerado mais de $1 bilhão em receita para a empresa no ano passado. O game também foi o sétimo jogo mais rentável do ano em uma lista que inclui jogos como Pokémon Go, Fortnite, League of Legends, entre outros.

A versão coreana de CrossFire está programada para ser encerrada para sempre no dia 3 de março. Os servidores japoneses do game foram encerrados em 2018, contudo, o game continua firme e forte na China, onde é publicado pela gigante Tencent. Já no ocidente, o jogo continua online com servidores em inglês e português. No Brasil, o game é administrado pela Z8Games. 

Desenvolvido originalmente pela Neowiz, CrossFire é atualmente o segundo jogo com mais jogadores de todos os tempos. A Smilegate adquiriu os direitos de licença do game em 2013 e sua popularidade ajudou o fundador da empresa a se tornar o 8° homem mais rico da Coreia do Sul

A Smilegate, que também é responsável por dar vida ao Lost Ark, tem novos planos para a sua propriedade intelectual mais popular. A empresa anunciou no ano passado CrossFireX, jogo feito no Unreal Engine 4 para consoles, e CrossFire Zero, novo jogo battle royale para o Sudeste Asiático.