Com supostas ações antiéticas por parte das autoridades, caso da Activision Blizzard ganha um novo capítulo polêmico

Publicado em 12/10/2021 - 08h52 por Yohan Bravo

Mais uma semana, mais um capítulo para a “tragédia da Activision Blizzard”. Pois é! Da última vez que falei sobre o caso aqui no MMORPGBR, chamei a atenção para uma contestação do acordo feito entre a empresa e a Comissão de Igualdade de Oportunidades de Emprego (EEOC, sigla em inglês). Essa contestação foi assinada pelo Departamento de Justo Emprego e Moradia da Califórnia (DFEH, sigla em inglês), mas parece que a ação pode ser invalidada, por conta de alguns aspectos que denotam uma conduta antiética por parte de certos agentes… bora analisar os detalhes?

Imperdível! Ganhe 20% de desconto no ExitLag, o melhor redutor de ping do mercado!
  • Utilize o nosso cupom "MMORPGBR" e receba 20% de desconto ao contratar qualquer um dos planos do ExitLag, programa usado por gamers profissionais, como Fallen, para diminuir em até 70% o lag em jogos como Fortnite, League of Legends, Elyon e mais. Clique aqui e aproveite!

Essa nova parte da “tragédia da Activision Blizzard” começou quando a empresa firmou um acordo de $18 milhões com a EEOC, a fim de colocar um ponto final nas investigações dos casos relacionados a assédios, abusos e discriminação no ambiente de trabalho. Por um tempo, a situação parecia resolvida, mas o DFEH, que foi o órgão governamental que deu início ao primeiro processo contra a gigante dos games, resolveu contestar o acordo, alegando que a negociação iria interferir em suas resoluções. Porém, parece que o departamento violou algumas “regras de conduta”.

Diante da contestação, a EEOC analisou o pedido do DFEH e constatou que alguns agentes do departamento participaram das investigações dos dois órgãos do governo. E sim, há uma regra do estado da Califórnia que proíbe a participação de um profissional em um mesmo caso, representando duas entidades distintas. Em outras palavras, a contestação pode acabar perdendo o valor legal, visto que a atitude dos agentes configura um conflito de interesses. Curiosamente, nessa situação, é a Activision Blizzard que pode acabar levando a melhor, sendo que a ideia inicial das ações era proteger as vítimas do ambiente nocivo da empresa. É impressão minha ou a tragédia está virando uma piada de mau gosto?


Não quer perder nenhuma novidade? Então siga a MMORPGBR no Facebook e Instagram para ficar por dentro das últimas novidades sobre MMORPGs. Também se junte ao nosso Grupo Fechado no Facebook para compartilhar suas gameplays e buscar dicas de outros jogadores.