Chronicles of Elyria, MMORPG que arrecadou $8 milhões, é cancelado após estúdio demitir todos os funcionários

Publicado em 25/03/2020 - 13h21 por Máiron Vieira

Após 4 anos de desenvolvimento e ter arrecadado mais de $8 milhões de dólares em financiamento coletivo no Kickstarter, Chronicles of Elyria tem o desenvolvimento encerrado de forma chocante, após duas semanas atrás apresentar um vídeo gameplay mostrando parkour.

Com um anúncio intitulado: Chronicles of Elyria: Into the Abyss, Caspian, o fundador do estúdio Soulbound narrou como foi o progresso para desenvolver o título ao longo dos anos e apresentou os diversos sistemas presentes até o momento no projeto, além de compartilhar a estratégia em dividir a equipe em dois, a fim de agradar os dois públicos que investiram no título, aqueles mais engajados com a política e os papéis da nobreza e os que buscavam aventura.

Contudo, logo no final, a publicação da uma reviravolta chocante, onde Caspian revela que após 4 anos de desenvolvimento e segundo ele, perto do fim do desenvolvimento, o estúdio falhou em conquistar investidores e teve que depender apenas do financiamento coletivo do Kickstarter, que conseguiu segurar os gastos da empresa apenas durante 5 meses, após a fracassada procura por um investidor.

“Infelizmente, não conseguimos encontrar investidores que entendessem que operar em um ambiente de caixa enxuto não permite crescimento e sufoca a velocidade. O que descobrimos foram vários investidores que disseram: “Por que você está falando conosco? Se você está confiante de que o financiamento coletivo o sustentará, então você não precisa de nós. E se você não estiver confiante, ele o sustentará, então nós não está confiante o suficiente para investir “.

“Mas, para nossa grande tristeza … com o fracasso dos Chronicles of Eyria e os cinco longos meses de apenas uma receita limitada de financiamento coletivo chegando, a Soulbound Studios ficou oficialmente sem dinheiro. Ontem à noite fui forçado a fazer algo que nunca pensei que teria que fazer. Fechei a loja on-line, coloquei o mapa SoE de volta no modo somente leitura e demiti todos os funcionários …”

Caspian cogitou ainda na possibilidade de lançar uma nova campanha no Kickstarter, mas voltou atrás devido ao período volátil na história do mundo.

“Com mudanças sem precedentes na sociedade causadas pelo surto de Covid-19 e com as economias começando a sofrer em todo o mundo, tomei a difícil decisão de não tentar obter financiamento coletivo adicional. Eu sabia que isso significaria ter que fechar o estúdio. Mas era a coisa certa a fazer.”, e completou: ”Prefiro que as pessoas gastem seu dinheiro em jogos que podem jogar agora, ou melhor ainda, em comida e abrigo, em vez do desenvolvimento contínuo de Chronicles of Elyria.

Apesar disso tudo, ao que parece não é o fim absoluto do título. Uma vez que os ex-funcionários concordaram em transformar a mecânica do Alpha 2 em algo jogável, que seria intitulado de “Kings of Elyria”.

Apesar de ter demitir todos os funcionários, muitos deles me comunicaram que aprovavam nossa trajetória atual de transformar a mecânica Alpha 2 em algo jogável, algo como um “Reinos de Elyria”. Muitos deles, em sua paixão implacável, se ofereceram para continuar trabalhando nisso no tempo livre.

“ Acreditamos que ainda há um futuro para Elyria, apenas não temos certeza de que forma ou forma ela terá e quando estará disponível. Mas ainda acreditamos na visão que tínhamos e no mundo que estávamos criando. Então, para alguns de nós, a jornada continua…”

Apesar da grande publicação e tentativa de culpar o momento mundial que estamos passando, como a causa para o encerramento do estúdio. Muitos usuários e investidores do financiamento coletivo de Chronicles of Elyria estão inconformados e irritados com tal decisão. Alguns comentários na própria publicação chamam o produtor de criminoso e dizem que não é para o mesmo colocar a culpa em qualquer outra coisa a não ser ele. Muitos ainda indicam a grande perda de dinheiro que tiveram, alguns investiram até mais que $10 mil dólares no sonho em ver a ideia do jogo publicada e online. Outro reclamou que Caspian sempre insinuou que o desenvolvimento estava perto do fim, mas nunca apresentou algo sólido.

Contudo, apesar de a maioria dos comentários serem de críticas ao fundador da Soulbound Studios e a gerência, alguns agradeceram. Uma pessoa disse que sabia que estava investindo na ideia do jogo. Para mais informações, acesse página.