“Eles e elas”: Battlefield 2042 será o primeiro game da franquia a ter personagem jogável não-binário

Publicado em 27/10/2021 - 07h43 por Yohan Bravo

De uns tempos para cá, diversas mídias de entretenimento vêm promovendo ajustes em seus produtos, com vistas a garantir a representatividade de certos grupos. Nesse sentido, o mais novo exemplo vai ser o game Battlefield 2042. Afinal, a EA revelou Emma “Sundance” Rosier, primeiro(a) personagem jogável da história da franquia a ser classificado(a) como “pessoa não-binária”… vamos conhecer o(a) especialista?

Jogue gratuitamente Splitgate?
  • Splitgate: Arena Warfare é um jogo de tiro multijogador acelerado que usa portais controlados pelo jogador para criar uma nova dimensão de combate na arena. Splitgate foi descrito como “Halo encontra Portal”. Ele foi desenvolvido e publicado pelo estúdio independente 1047 Games e está no Early Access no Steam desde 2019.. Clique aqui e jogue!

Se você já vem acompanhando as notícias relacionadas a Battlefield 2042, deve saber que o game contará com um conjunto de personagens batizados como “os especialistas”. Esses personagens ficarão à disposição dos jogadores e terão características e histórias próprias, tornando a experiência um pouco mais envolvente. E sim, é com esse conjunto de personagens que a franquia vai alterar um pouco o seu histórico. “Digo” isso, pois Emma “Sundance” Rosier deve ser classificado(a) como personagem “não-binário”. Aliás, os pronomes utilizados para mencioná-lo(a) devem ser “eles” e “elas”. Com isso, a publisher promoverá uma adição histórica à franquia, já que a existência de personagens “não-binários” jogáveis em títulos anteriores nunca foi verificada.

Vale destacar que Emma “Sundance” Rosier fará parte do time de 10 especialistas que estarão disponíveis no game em sua data de estreia. Lembrando que o jogo está previsto para estrear no dia 19 de novembro para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X|S, mas ainda existem rumores indicando que há chances de a EA anunciar um adiamento muito em breve. Portanto, vale a pena ficar de olho nas notícias relacionadas ao game. No que diz respeito à personagem “não-binária”, estamos diante de mais um belo exemplo de ação voltada para promover a representatividade.


Conheça Crossout, o MMO de ação veicular que lembra Mad Mad:
  • Crossout é o mais recente projeto da fama Targem Games e Gaijin Entertainment of War Thunder. O jogo se passa em um mundo pós-apocalíptico após o golpe duplo de uma invasão alienígena e um projeto de teste genético que deu errado. Os jogadores resgatam, compram e trocam peças e personalizam suas máquinas de guerra exclusivas para ajudá-los a sobreviver no ambiente hostil. Crossout parece uma combinação incrível de Mad Max e BattleBots. Clique aqui para começar a jogar gratuitamente!