AIR: Ascent Infinite Realm é renomeado e será lançado como Elion, após ter desenvolvimento quase encerrado

Publicado em 25/03/2020 - 07h23 por Máiron Vieira

Sem dar notícia a um bom tempo, o futuro de AIR: Ascent Infinite Realm, que tem como líder de produção Kim Hyun Joon, responsável pela criação de Aion e teve seu desenvolvimento iniciado antes de Battlegrounds (PUBG) pela Bluehole e alcançou um custo de produção de cerca de 40 milhões de dólares, parecia incerto. Pelo menos de acordo com o site mtn.

Segundo o site, as expectativas eram altas, mas o caminho não era claro, pois o segundo teste realizado em junho do ano passado não obteve uma boa resposta. Nisso, a possibilidade de encerrar o desenvolvimento ou destruir o contrato com a Kakao Games, que fez um investimento de capital na Krafton em novembro de 2016 e garantiu os direitos domésticos para lançamento no ocidente, também aumentou, mas o produtor Kim Hyun Joon continuou o desenvolvimento mesmo assim. A escolha de continuar o desenvolvimento aconteceu apenas quando a Krafton (subsidiária da Bluehole), realizou um teste interno no início do ano e verificou a capacidade do jogo mais uma vez.

Contudo, a projeção do jogo será testada mais uma vez através de um próximo teste beta em larga escala no primeiro semestre deste ano, revelou um funcionário da Krafton, que compartilhou também que a empresa decidiu mudar o nome do game de Air para Elion.