Wargaming protagoniza mais um caso polêmico com um criador de conteúdo de World of Warships

Publicado em 24/11/2021 - 12h24 por Yohan Bravo

No mês de agosto, chamei a atenção (via MMORPGBR) para uma curiosa briga entre os devs da Wargaming e alguns criadores de conteúdo de World of Warships. Pois é! A relação, que muitos chamavam de parceria, não acabou nada bem e um membro da empresa criou um código de desconto que mandava um streamer ir se “f**er”. E agora, poucos meses após essa situação, uma nova polêmica surgiu… bora conferir os detalhes do caso?

Jogue gratuitamente Splitgate?
  • Splitgate: Arena Warfare é um jogo de tiro multijogador acelerado que usa portais controlados pelo jogador para criar uma nova dimensão de combate na arena. Splitgate foi descrito como “Halo encontra Portal”. Ele foi desenvolvido e publicado pelo estúdio independente 1047 Games e está no Early Access no Steam desde 2019.. Clique aqui e jogue!

De acordo com as informações, alguns jogadores russos estão movimentando uma postagem do Reddit com comentários relacionados a uma suposta nova censura feita pelo pessoal da Wargaming. Nos relatos, os players falam sobre um youtuber de nickname Nomen_Est_Omen, que teve todos os seus vídeos relacionados a World of Warships retirados da plataforma pertencente à Google. Essa retirada dos vídeos foi motivada pela utilização de “elementos visuais no jogo World of Warships”, o que gerou uma infração relacionada a direitos de propriedade. O problema é que os relatos afirmam que o criador de conteúdo não usou recursos visuais para gravar o gameplay, ou seja, as cenas exibiam apenas o game e o jogador fazendo duras críticas à experiência. Em outras palavras, o pessoal do Reddit está acusando a Wargaming de ter censurado o youtuber.

Daí, para defender a empresa das acusações, um representante entrou na discussão no Reddit e alegou que a retirada dos vídeos do youtuber em questão não foi motivada pelas críticas feitas em relação ao game, mas sim pelos “insultos, calúnias e outros palavrões” que estavam registrados nos vídeos. Isto é, de certo modo, houve uma censura, mas, segundo a Wargaming, por motivos “legítimos”. Ainda assim, a justificativa oficial para a retirada dos vídeos não bate com a justificativa apresentada no comunicado. Por isso, só podemos concluir que essa história está bem estranha e que ainda deveremos ter mais algumas polêmicas a caminho.


Conheça Crossout, o MMO de ação veicular que lembra Mad Mad:
  • Crossout é o mais recente projeto da fama Targem Games e Gaijin Entertainment of War Thunder. O jogo se passa em um mundo pós-apocalíptico após o golpe duplo de uma invasão alienígena e um projeto de teste genético que deu errado. Os jogadores resgatam, compram e trocam peças e personalizam suas máquinas de guerra exclusivas para ajudá-los a sobreviver no ambiente hostil. Crossout parece uma combinação incrível de Mad Max e BattleBots. Clique aqui para começar a jogar gratuitamente!