“Star Citizen” troca engine gráfica após 4 anos em desenvolvimento

Publicado em 26/12/2016 - 14h53 por Márlon Vieira

Para o descontentamento de boa parte dos patrocinadores de “Star Citizen“, a desenvolvedora, Cloud Imperium Games, anunciou que passou a usar a engine gráfica da Amazon, Lumberyard, no desenvolvimento de “Star Citizen” e “Squadron 42”. Até então, a produtora usava o CryEngine da Crytek.

“Star Citizen” é um MMO espacial que ficou famoso por ser um dos jogos mais caros da história, arrecadando mais de US$ 138 milhões em financiamento coletivo. Com a mudança, patrocinadores do projeto temem que “Star citizen” demore ainda mais para ficar pronto. O título começou a ser desenvolvido em 2012.

“Temos trabalhado com a Amazon há mais de um ano, uma quez que estivemos procurando por tecnologias líderes para fazer parcerias para um futuro a longo prazo para ‘Star Citizen’ e ‘Squadron 42′”, disse Chris Roberts, CEO e diretor criativo da Cloud Imperium Games.

A Cloud Imperium Games também anunciou que o novo update Alpha 2.6 para “Star Citizen” já foi lançado e está rodando no Lumberyard.

Visite o site oficial do jogo.

Não quer perder nenhuma notícia sobre MMOs? Então curta nossa página no Facebook.