Riot Games abre processo contra os desenvolvedores de “Mobile Legends”

Publicado em 12/07/2017 - 11h15 por Soraia Barbosa

Desde o lançamento do primeiro DotA, vários títulos como League of Legends e Heroes of Newerth surgiram e o gênero passou a fazer muito sucesso. Muitos desses jogos têm uma mecânica semelhante à de DotA, mas com modificações que evitam problemas de direitos autorais.

Mas parece que a Shanghai Moonton Technology, desenvolvedora de “Mobile Legends” não fez mudanças o suficiente no seu jogo, já que a Riot Games resolveu processá-la.

Na última terça-feira, 11 de junho, a Riot Games abriu um processo alegando que a Shanghai Moonton copiou deliberadamente elementos de League of Legends. Entre esses elementos estavam mapas, unidades, design dos mobs e até mesmo artworks e personagens. Eles alegam similaridade até no logo da Moonton.

A Riot também acusou a empresa de fazer apenas ajustes mínimos quando recebeu a notificação de quebra de direitos autorais. O jogo original teve apenas o seu nome alterado para Mobile Legends: Bang Bang com os mesmos elementos que sofreram apenas pequenas mudanças.

A Shanghai Moonton já postou uma declaração na sua página do Facebook negando a cópia. De acordo com eles, o jogo tem os seus direitos autorais registrados e protegidos em diversos países e a Moonton possui direitos de propriedade intelectual independentes.

Mobile Legends foi lançado para Android em julho de 2016 e para iOS em novembro de 2016. Logo após o lançamento, ele se tornou um sucesso em vários países.