Retrospectiva 2017: Estes foram os jogos MMOs, MMORPG, FPS que foram para outro plano espiritual

Publicado em 03/01/2018 - 23h58 por Redação

Como tudo na vida, os jogos também têm um ciclo, confira abaixo os MMOs, Shooters e jogos multiplayers que foram cancelados ou que tiveram data para o término do serviço anunciados em 2017.

Battle of the Immortals e War of the Immortals – MMORPG

Recentemente a Arc, publisher de jogos como “Gigantic”, “Star Trek Online” e “Neverwinter”, anunciou a desativação dos servidores de “Battle of the Immortals” e “War of the Immmortals”

Ambos os títulos foram produzidos pela Perfect World Entertainment e lançados em 2010 e 2011, respectivamente, e contavam com características similares. “War of the Immortals” chegou a ser lançado no Steam, mas alguns anos depois foi desativado na plataforma.

Hawken PC – Shooter

Lançado em fevereiro de 2014, “Hawken” teve sua versão para PC encerrada e removida do Steam no início de 2018, as versões para Xbox One e PlayStation 4 continuaram intactas.

O título oferecia combates com mechs de ultra qualidade com gráficos estonteantes e muita ação.

Phantasy Star Online 2 SEA/Tailândia – Action RPG

“Phantasy Star Online 2”, o MMORPG da SEGA, mesmo sendo um dos títulos mais lucrativos da empresa, não teve um ano muito bom, pois os servidores nas regiões do Sudeste Asiático e Tailândia foram desativados pela falta de jogadores.

A versão japonesa, que oferece uma experiência Action sem precedentes para fãs de RPG, continua firme e forte.

Tartaros Rebirth – Action RPG

Após ter um closed beta no ocidente em 2015, porém sem progressão, “Tartaros Rebirth” chegou finalmente ao nosso lado do globo pela Funple Works, disponibilizado pela plataforma de games coreanos Game&Game em outubro de 2017, porém desapareceu sem deixar rastros pouco tempo depois.

O game combinava elementos de RPG com modos co-op e competitivo, no qual permitia que os jogadores pudessem criar um grupo personalizado com três personagens, de um total de 9 que eram desbloqueados através da campanha single player.

ASTA Online – MMORPG

Com desenvolvimento iniciado em 2010 e lançado na Coreia do Sul em 2013, “ASTA Online” chegou a ser chamado de “World of Warcraft” da Ásia, e chegou no ocidente apenas em 2016 pela Webzen e no Brasil em português pela Axeso5, menos de um ano depois teve os servidores desativados.

Pouco tempo depois, o título foi relançando com pela Move Games, mas também não teve o retorno esperado e teve o serviço desativado em novembro de 2017. “ASTA Online” oferecia um mundo de fantasia rico e vasto repleto de desafios, com trama e enredo baseado nos folclores coreanos, japoneses, chineses, indianos e até vietnamitas.

ELOA – Action MMORPG

Lançado globalmente em 2015 pela Webzen, “ELOA” seguiu o mesmo caminho de “ASTA Online” tendo os servidores desativados pela primeira vez em 2016, antes do fim daquele ano a publisher e plataforma de games coreanos, GamenGame, adquiriu o direito de publicação do título. Nos próximos meses o jogo fracassou em construir uma base representativa de usuários e teve por fim, os servidores desativados em agosto de 2017.

Desenvolvido pela sul-coreana NPICSoft, o game contava com câmera isométrica, gráficos coloridos e combates ricos em efeitos gráficos.

Dragomon Hunter Online – MMORPG

Do estúdio X-Legend, responsável pelo desenvolvimento de “Aura Kingdom”, “Eden Eternal” e “Grand Fatansia”, “Dragomon Hunter Online” foi anunciado para América do Norte em 2015.

Apenas 1 ano e 7 meses de seu lançamento na América do Norte pela Aeria Games, a publisher anunciou a desativação dos servidores do game, deixando muitos jogadores perplexos. “Dragomon Hunter Online” permitia que os jogadores pudessem transformar criaturas derrotadas em montarias.

SkySaga – Multiplayer

Após 3 anos em Alpha, distribuído pela SmileGate, “SkySaga” oferecia uma experiência sandbox similar a “Minecraft”, onde os jogadores podiam craftar e construir, encontrar tesouros e enfrentar os perigos da ilha sozinhos ou em grupos.

Marvel Heroes Omega – Action RPG

Após 4 anos de seu lançamento a produtora Gazillion Entertainment anunciou o término do serviço de “Marvel Heroes Omega”, após a Disney, detentora dos direitos do título, decidir não renovar o contrato.

O título que estava disponível para Xbox One, PlayStation 4, PC e Mac, oferecia um universo baseado nos quadrinhos da Marvel, onde os jogadores podiam criar seu próprio herói para participar de intensas batalhas focadas na ação.

Master X Master – MOBA

Mecânicas e jogabilidade inovadores não foram o bastante para manter “Master X Master”, o MOBA da NCSoft ganhou data para encerramento do serviço pouco tempo depois de ser lançado e tem data oficial para dar adeus em 31 de janeiro de 2018.

O game oferecia uma série de mecânicas inovadoras, que incluíam troca de heróis durante a partida, possibilitando combos e estratégias únicas, diversos modos de jogo, dungeons PVE desafiadoras, entre outros conteúdos interessantes.

Cosmic League – Shooter

Em “Cosmic League” os jogadores controlavam garotas bonitinhas e robôs assassinos em combate 10 vs 10, onde os desafios da partida mudavam de acordo com a progressão, exigindo que as táticas fossem renovadas a toda hora.

Ghost in the Shell – Shooter

Lançado como uma promoção do filme que foi baseado em uma série de anime, “Ghost in the Shell” era um shooter com temática tecnológica que ofereceria combates intensos e em ritmo acelerado com diversas tecnologias presentes no anime.

Cloud Pirates – Shooter

Lançado no início de 2017, “Cloud Pirates” oferecia uma experiência MMO de combates aéreos, com embarcações voadoras e gráficos de qualidade com estilo único.

5 meses após seu lançamento, a publisher My.com anunciou o término do serviço sem divulgar as razões para tal decisão.

Firefall – Shooter

Anunciado em 2010, “Firefall” contava com batalhas em ambientes exóticos e tropicais com personagens à bordo de exoesqueletos futurísticos chamados de Battleframes.

O título foi lançado em 2013 como buy-to-play e infelizmente, problemas como alta latência nos servidores e quedas repentinas acabaram prejudicando muito, mesmo antes do lançamento oficial com acesso grauito em 2014, em 2017 o game teve os servidores desativados..

Participe da batalha entre vampiros e humanos! Experimente: "Dark Eden Origin", MMORPG grátis de terror