Genshin Impact: miHoYo vai processar jogadores por vazarem informações sobre conteúdos do update 1.2

Publicado em 22/11/2020 - 13h01 por Márlon Vieira

No último dia 19, a miHoYo anunciou que vai processar jogadores que vazaram informações sobre conteúdos da versão 1.2 de Genshin Impact, atualmente em Closed Beta. A fase de testes está sob o Non Disclosure Agreement, o chamado NDA (Em tradução livre: acordo de sigilo de informação). Sendo assim, jogadores participantes dos testes estão proibidos de compartilhar imagens, vídeos ou qualquer outra informação relacionada ao update. 

Há semanas, novas informações e imagens não oficiais do update 1.2 de Genshin Impact tem se espalhado pela internet, com os jogadores que realizarem esses vazamentos, portanto, violando o acordo de sigilo de informação, no qual concordaram em seguir ao participar dos testes fechados. Frente a isso, a miHoYo, desenvolvedora do game, anunciou que iniciou os “procedimentos para entrar com uma ação legal contra os culpados de tais violações”.

A fim de desencorajar outros jogadores a fazerem o mesmo, a desenvolvedora do game também informou que rastreou dois jogadores, expondo suas informações parcialmente em suas redes sociais, no qual você pode conferir abaixo: 

Jogador 1

  • Server: Celestia Server
  • Nickname: 星***千鶴
  • Live Server UID: 100***556
  • Beta Server UID: 1***31

Jogador 2

  • Server: America
  • Nickname: J**z
  • Live Server UID: 600***200
  • Beta Server UID: 2***28

De acordo com as informações vazadas anteriormente e divulgadas em diversos sites especializados, e algumas delas inclusive no próprio Reddit oficial do jogo (mais tarde apagadas), o update 1.2 de Genshin Impact vai adicionar uma nova região de gelo chamada Dragonspine, dois novos personagens (Albedo e Ganyu), além de outras mecânicas. A atualização deve ser lançado em 23 de dezembro. 

Para jogar gratuitamente, visite esta página.