Final Fantasy XIV pode continuar online por no mínimo pelos próximos 5 anos, prevê Square Enix

Publicado em 22/02/2021 - 05h41 por Márlon Vieira

Com mais de 20 milhões de jogadores registrados, Final Fantasy XIV conseguiu se estabelecer com esplendor em um mercado cheio de dificuldades — são poucos os MMORPGs que conseguem se manter por vários anos online e atrair uma base de jogadores sustentável e crescente ao passar dos anos. Em entrevista ao The Washington Post, Naoki Yoshida, Diretor de FFXIV, falou sobre o que torna o jogo tão bem-sucedido e por que a Square Enix espera que ele continue avançando com novos conteúdos e ainda mais jogadores. 

Parte do segredo, disse Yoshida ao The Washington Post, está em como a equipe lida com os ciclos de desenvolvimento tradicionalmente rígidos necessários para dar suporte a um jogo ativo. Ele explica que, para Final Fantasy XIV, cerca de um terço de um novo conteúdo ou tempo de desenvolvimento de atualização é reservado para se concentrar na inovação. Ao fazer isso, os desenvolvedores recebem o espaço de que precisam para manter os jogadores atentos com novos conceitos, enquanto também evitam o desgaste que, de outra forma, ocorre com os ciclos repetitivos. Isso começa nos primeiros estágios de planejamento de novos conteúdos.

“Dito isso, existe um grande risco de tédio e fadiga. Para atenuar esse aspecto, é por isso que deixamos 30 a 40 por cento fora do pacote para que possamos enfrentar novos desafios, pensar em novas peças de conteúdo que possamos oferecer “, continua Yoshida. “E às vezes usaremos esse espaço em vários patches para trazer algo maior. Assim, ao fazer isso, ainda temos uma espécie de estabilidade em nosso conteúdo regular de 60 ou 70 por cento”. Yoshida também disse que Final Fantasy XIV pode nunca acabar, desde que as pessoas continuem voltando. Em sua atual taxa de crescimento de audiência, ele disse que a Square Enix prevê pelo menos mais cinco anos para o game