“Astellia Online” tem modelo de negócios confirmado para o Ocidente e não será gender-locked

Publicado em 22/01/2019 - 16h46 por Márlon Vieira

Durante a PaxSouth, conferência de games que aconteceu neste fim de semana, Westley Conner, Produtor de “Astellia Online”, revelou mais alguns detalhes sobre o lançamento do MMORPG no Ocidente.

Em entrevista no último dia do evento, indagado sobre como “Astellia Online” se diferenciaria de outros jogos do gênero, Conner disse que “Astellia quer ser parte da mudança”, deixando de lado as microtransações pay-to-win tão presente em outros MMORPGs.

Além disso, Conner confirmou que o modelo de negócios de “Astellia Online” será buy-to-play no Ocidente e não contará com as microtransações pay-to-win que fazem parte da versão sul-coreana do jogo. Ao invés disso, os itens pay-to-win serão parte do gameplay e poderão ser acessados através de conquistas, recompensas diárias, e dungeons.

Outra informação que vai agradar os jogadores, é que “Astellia Online” não contará com gender-lock no Ocidente. No entanto, a conversão para o modelo pode não estar finalizada durante o lançamento.

Astellia Online” é descrito como um MMORPG AAA para PC onde os jogadores coletam dezenas de companheiros mágicos conhecidos como Astells, levá-los para a batalha em um mundo aberto para participar de batalhas competitivas entre times. O jogo tem lançamento previsto para 2019 no Ocidente.

Leia mais sobre: